Photos

Photographer's Note

It always amazes me how cattle moves so easily over those steep hills. We kind of have a sweaty time climbing them, but for them is a matter of survival, or finding the perfect grass...

******

About 40% of the territory of the state of Espírito Santo spreads across a plain; however, the altitude variation is quite big.
The relief is divided into two distinct regions: the lowlands of Espírito Santo and the Serra do Castelo (mountain range), where the Pico da Bandeira, with 2.890m, is located. It’s climate is predominantly “altitude tropical”. The morphoclimatic feature of the region is called “mares de morros” (sea of hills), characterized by tropical vegetation of a milder type, formed by very eroded mountain ranges.

******
O relevo do estado é constituído de duas unidades: a Baixada Espiritossantense e a Serra do castelo (serra capixaba).
De largura variável, a Baixada Espiritossantense acompanha toda a costa capixaba, da fronteira com a Bahia até o limite com o Rio de Janeiro. Estreita ao sul, alarga-se consideravelmente a partir de Vitória, no sentido norte. Ocupa cerca de 40% do território estadual.
A segunda unidade do relevo é a Serra do Castelo, ocupa 60% do território do estado. Tem uma altitude média de 758 m. Zona montanhosa cortada por numerosos cursos d'água, que nascem na região devido os altos índices de precipitação, esses rios, cavam profundos vales, criando uma região única. A Serra do Castelo é coroada por maciços montanhosos, entre os quais se destaca a Serra do Caparaó, na divisa com Minas Gerais. Nela estão localizados o pico da Bandeira (2.890m), ponto culminante do estado e da Região Sudeste e o terceiro mais alto de todo o país, e o Pico do Calçado (2.790 m), o maior exclusivamente em território capixaba. Em Castelo está o Pico do Forno Grande, um imponente afloramento rochoso com 2.070m, ponto mais alto da Serra do Castelo. Existem vários afloramentos menores, mas não menos importantes, como a Pedra das Flores e a Pedra Azul, com respectivamente 1909 e 1822 m. Em seu topo, há um microclima superumido, por passar a maior parte do tempo encoberta pelas nuvens. Lá existem cerca de 50 espécies de orquídeas e bromélias, inúmeros lagos e cursos d'água e neblina característica no outono e na primavera.
Ao norte do Rio Doce, as altitudes diminuem sensivelmente e apresentam-se algumas elevações rochosas, os pontões, impropriamente chamados de serras, entre as quais a Serra do Pancas e a Serra do Cunha. Existem, entretanto, alguns pontos acima dos 1500m, em Mantenópolis, e municípios acima dos 600m, como é o caso de Marilândia e Ecoporanga.
Na região da Serra do Caparaó, está localizado o maior desnível do Brasil, com variação de 2890m em sua cota máxima, para 997m na sua menor altitude.

Source: Wikipedia.org

******

>>Other shots from my trip to the state of Espírito Santo

Filters: Hoya PL-C


Camera Model Canon EOS 40D
Shooting Date/Time 2/1/2009 09:50:36
Shooting Mode Aperture-Priority AE
Tv( Shutter Speed ) 1/80
Av( Aperture Value ) 11.0
Metering Mode Evaluative Metering
Exposure Compensation 0
ISO Speed 200
Lens 10-20mm
Focal Length 12.0 mm
Image Size 3888x2592
Image Quality RAW
Flash Off
White Balance Mode Auto
AF Mode One-Shot AF
Picture Style Standard
Sharpness 7
Contrast 0
Saturation 0
Color tone 0
Color Space sRGB
Long exposure noise reduction 1:Auto
High ISO speed noise reduction 1:Enable
Highlight tone priority 0:Disable
File Size 15865 KB
Drive Mode Low-speed continuous shooting

macondo, lucasgalodoido, gervaso, nivaldo has marked this note useful

Photo Information
Viewed: 2062
Points: 14
Discussions
Additional Photos by Victor Scherrer (jvsb) Gold Star Critiquer/Gold Note Writer [C: 129 W: 8 N: 332] (1382)
View More Pictures
explore TREKEARTH